uma vez mamífera

… sempre mamífera.

Um fim, e um novo começo

diasP-49

Foram seis anos. Seis anos escrevendo no Blog Mamíferas, desde o primeiro post, até a despedida – que ô, como custou a sair!

Seis anos especiais, transformadores, ricos demais. Seis anos que me trouxeram até aqui, nesse lugar em que estou hoje e onde gosto um bocado de estar, porque me reconheço e me encontro. E porque sei que ainda tem um longo caminho pela frente – sempre tem, não é essa mesma a boniteza da vida?

E assim é a vida: as coisas começam, e acabam. E acabam, e recomeçam. Em outros cantos, de outros jeitos, mas sem deixar perder de vista aquela essência, o que faz sentido, aquilo que move, que motiva, aquilo que nos define.

Deixar que o Mamíferas passasse a ser um capítulo da minha história, virar a página e encarar o novo, não foi e não está sendo fácil. Mas é preciso, porque disso é feita a maravilha da gente estar vivo: de movimento, de mudança, e de coragem para encarar o que tem que ser mudado, sacudido, transformado.

Toda a minha história como mãe, como ativista da maternidade consciente e da humanização do nascimento, continua aqui, bem ao alcance da mão. Cada post com seu pedacinho (inho?) de mim, deste alguém que, ao longo dos anos, fui aprendendo a ser. E que continuo descobrindo do que é capaz.

Agora, aqui, começo a escrever uma história nova. Tudo novo de novo, sacumé?

Anúncios

5 comentários em “Um fim, e um novo começo

  1. robertarez1
    22 de maio de 2014

    Renata, uma das coisas mais marcantes de você para mim (te acompanhando pelo Mamíferas rs) é o seu olhar leve para o mundo. Você sempre falou e sempre deu a impressão de olhar tudo com uma leveza ímpar.

    Queria te dizer nesse seu início de novo ciclo, que esse seu olhar foram uma inspiração muito forte para mim na gravidez e principalmente no puerpério. Eu sempre tive um olhar rígido, crítico, até pessimista. Diversas coisas me levaram a ver que era possível sim aceitar as coisas como são ao invés de ficar procurando a perfeição em tudo, e que isso não me faria crescer menos (era a impressão que eu tinha, que se eu não fosse assim, crítica, como eu iria melhorar, crescer?).
    Aceitar, confiar e me entregar têm sido as lições que a gravidez e a maternidade me trouxeram e eu ando longe de aprender, mas sinto que a aceitação começou.

    E sempre que penso em aceitação, penso no olhar leve, na leveza, e isso me lembram você. Descobri que posso ter isso, e mesmo assim, tentar melhorar o que acho que precisa ser melhorado. E sabe quando as pecinhas vão se encaixando? rs… pois é, mais de 2 anos para entender isso e conseguir sentir a leveza de verdade.

    Enfim, escrevi esse livro para dizer GRATIDÃO! Gratidão por passar no Mamíferas esse seu olhar, essa sua postura com a vida. Gratidão por essa sua luz ter chego até a mim e me ajudado a enxergar algumas sombras.

    E te sigo a partir daqui, para aprender cada vez mais a ser leve.

    Beijos!

    • renata penna
      5 de junho de 2014

      querida, que lindas palavras. encheram-me os olhos e o coração de ternura. ❤
      vamos juntas, vivendo a vida possível-bonita-leve-doce.
      🙂

  2. Thais Trindade
    30 de julho de 2014

    Li outro texto e pensei “Meu Deus parece que eu a conheço de algum lugar”. Adoro seus textos. Adorei o blog novo. Obrigada por trazer nos mostrar toda a sua sabedoria.

  3. Fernanda Fér
    14 de agosto de 2014

    Poxa, só agora te encontrei aqui, não posso ficar sem vc, bom te ler aqui tbm, vc vai fazer, ops, esta fazendo falta no Mamiferas, meses sem ler, mas sempre que ia lá, lia vc, bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 28 de abril de 2014 por e marcado , , .
%d blogueiros gostam disto: